/ Beber
Vinhos Kosher
Publicado em 19/10/2011 14:00:05

 

Por Eduardo A. Paes de Andrade, da importadora Inovini

 

Primeiramente, é importante ressaltar que nem todo vinho Kosher é doce. Esses vinhos podem ser divididos em tipos, Kosher Mevushal e Kosher "não-Mevushal".

 

Tradicionalmente, o vinho do tipo Kosher Mevushal é submetido a um processo de aquecimento até quase atingir o ponto de ebulição, ou seja, é praticamente cozido/pasteurizado.

 

Mevushal, em hebraico, significa cozido. Por isso, é também chamado de "kosher-cozido". Além de cozido, o Kosher Mevushal é, normalmente, doce.

 

O aquecimento do vinho Kosher Mevushal baseia-se em princípios de segurança alimentar e religiosos do judaísmo. Como resultado desse procedimento de aquecimento, os vinhos Kosher Mevushal quase sempre apresentam aromas e sabores de vinho cozido.

 

Nos dias atuais, uma moderna técnica chamada de pasteurização-flash, que aquece e resfria o vinho em um curtíssimo espaço de tempo, vem sendo usada na produção de vinhos Kosher Mevushal, com o propósito de reduzir os danos ao vinho. A designação Mevushal costuma estar bem visível no rótulo ou no contra-rótulo da garrafa.

 

O vinho do tipo Kosher "não-Mevushal", por sua vez, é um vinho normal ("não-cozido") e apresenta todas as características organolépticas (cor, aroma e sabor) presentes nos vinhos tradicionais.

 

Esse tipo de vinho Kosher pode ser branco, rosé, tinto, espumante, doce ou seco, como todos os rótulos não Kosher.

 

O processo produtivo do vinho Kosher "não-Mevushal" possui, essencialmente, duas diretrizes básicas: todos os insumos (leveduras, sulfitos, ácido tartárico...) utilizados na produção do vinho devem também ser Kosher, e do momento em que as uvas são prensadas, até a finalização do engarrafamento, apenas judeus seguidores do Shabatt podem tomar parte da produção.

 

O ponto culminante do processo é a certificação Kosher concedida pelo rabino responsável.

 

Uma das principais produtoras de vinhos Kosher é a Golan Heights, a primeira vinícola de Israel e ter um vinho relacionado entre os 100 melhores do mundo pela revista Wine Spectator.

 

Alguns dos principais rótulos da vinícola são o espumante Gamla Brut 2008, o branco sem amadurecimento em carvalho Yarden Mount Hermon White 2010, o branco amadurecido em carvalho Yarden Chardonnay 2008, o tinto sem carvalho Yarden Mount Hermon Red 2010 e o tinto amadurecido em carvalho Yarden Syrah 2006.

 
Os vinhos da Golan Heights possuem também a certificação Kosher Lamehadrin (Kosher para a Páscoa judaica), uma das mais exigentes e criteriosas na escala de certificações Kosher.

 

 

Veja também:

 

Todo dia é dia de pão
Sugestões da semana
Muito além do peixe cru
Conversa com Daniel Boulud

 

 


 

Escreva para redacao@basilico.com.br

Veja outras notícias do Basílico

BasilicoEnvie esta notícia | Basilico Versão para impressora

Compartilhe

Facebook | Twitter | Digg | Del.icio.us | Yahoo! Buzz | Linkedin

Myspace | Reddit

Simple Tabs with CSS & jQuery

Vinhos para os dias mais quentes - Alexandra Corvo

Saiba cada vez qu o Basilico for atualizado assinando o RSS abaixo:

- Notcias - Cozinhar
- Comer - Beber
- Fumar - Viagem
- Cultura - Comprar
- Colunas - Blogs
- Especiais - Guia Josimar
- Mercado - Arquivo
- S.O.S  

* O Rss é uma forma de facilitar o acesso a uma quande quantidade de informações. Assinando um RSS você é avisado cada RSS você é avisado cada vez que o site costuma acessar for atualizado.

Para compartilhar o conteúdo deste site ou mesmo adicionar em seus favoritos, basta utilizar as ferramentas abaixo.


Ainda não possui cadastro?

NOTÍCIAS
Jantares de luxo à italiana
Salvatore Loi recebe Niko Romito, três estrelas Michelin, para duas noites exclusivas
Rosbife no pão
Festival de padaria paulistana serve sanduíches com a carne assada
Produtos saudáveis online
Novo site de delivery de receitas sem glúten, lactose e conservantes
Um ano do novo Riviera
Bons drinques e som embalam aniversário do bar
Aulas na cozinha
Há cursos com pratos com saquê, especialidades francesas e até comida de estádio de futebol
Macaron com o melhor chocolate do mundo
Confeitaria carioca abre em São Paulo com docinhos exclusivos
Mais Lidas
Macarro tambm tem dia
Sete versões cariocas para a festa das massas
Itlia de segunda a sexta-feira
Esta semana 20 casas italianas de São Paulo têm menus especiais
10 cheesecakes criativas
Algumas das melhores versões de São Paulo são reproduzíveis em casa
11 Menus infantis
Cardápios que vão além de bife com fritas e de espaguete na manteiga
Jantares de luxo  italiana
Salvatore Loi recebe Niko Romito, três estrelas Michelin, para duas noites exclusivas
Douras a dois
Franceses, italianos, espanhóis, contemporâneos e até gregos têm sobremesas para compartilhar